News

  • 24°

    Lages
  • 23°

    Florianópolis

O número de casos de interferência externa nos gasodutos da SCGÁS teve crescimento significativo nos últimos três anos: no período de 2014 a 2016 foram registradas seis ocorrências. De 2017 até agosto de 2019 este número subiu para um total de 14 ocorrências. As situações mais frequentes aconteceram em escavações vinculadas a obras de duplicação de rodovias e de implantação e consertos das redes de água e esgoto. A SCGÁS disponibiliza o 0800-48-5050 para atendimento de emergências, de solicitações de clientes e da comunidade pelo. O serviço funciona 24 horas por dia. Nessas situações, as equipes técnicas são alocadas em até 60 minutos em qualquer ponto da rede de distribuição em Santa Catarina.

Em eventuais rompimentos de gasoduto, o fornecimento de gás natural é suspenso até que o reparo seja executado, garantindo a segurança do atendimento no local das ocorrências. A SCGÁS realiza ações preventivas com prefeituras, empresas de saneamento e empreiteiras que realizam obras no subsolo para evitar problemas de interferência nas regiões por onde a rede de gás natural passa. “O objetivo é transmitir o cuidado necessário na execução de escavações próximas aos gasodutos e orientar profissionais de obras a reconhecerem sinalizações para mitigar os riscos envolvidos nessas atividades”, explica o assessor de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da SCGÁS, Juarez Lippi.

A companhia também disponibiliza equipes para acompanhamento de obras de terceiros nas proximidades da rede de gás. O serviço pode ser solicitado gratuitamente através do telefone 0800-48-5050. “A SCGÁS solicita que todas as obras com necessidade de escavações nos municípios que tenham rede de distribuição de gás natural implantada sejam comunicadas através do 0800-48-5050, não há custo nestas solicitações e nos acompanhamentos de obra. As nossas equipes estão preparadas para prestar todas as informações sobre os gasodutos e, quando necessário, realizamos os devidos acompanhamentos presenciais para que os riscos sejam mitigados”, ressalta o gerente de Operações da SCGÁS, Gustavo Nunes Becker.

 

(Matéria de abertura da edição de 11/10/2019 da Coluna Pelo Estado, distribuída para 20 diários integrados do interior de Santa Catarina/adisc.com.br e para os portais reunidos em scportais.com.br)