News

  • 24°

    Lages
  • 24°

    Blumenau

No radar do DNIT estão três trechos em processo de federalização: A BR-163, entre São Miguel do Oeste e Itapiranga (parte Sul), a SC-283, entre Itapiranga e Concórdia, e o restante da BR-285, até o entroncamento com a BR-101. Com isso, o Departamento ganha mais de 300 km de malha. Segundo Barbosa, o DNIT-SC tem capacidade para assumir esses novos trechos, já que 220 quilômetros da BR-101 Sul estão sendo concessionados e sairão da responsabilidade do órgão. O maior desafio é a SC-283. Segundo o governador Carlos Moisés da Silva, a transferência faz parte dos planos. “Isso está no escopo do governo. Só que hoje o governo federal, por conta de limitação orçamentária, vai acabar o que tem que fazer. Terminar essas contas que ficaram pelo caminho. O ministro Tarcísio [de Freitas, da Infraestrutura] pediu um pouco de paciência porque ele quer saldar essas contas que são mais prementes”, disse.

 

(Fotolegenda da edição conjunta de 15, 16 e 17/11/2019 da Coluna Pelo Estado, distribuída para 20 diários integrados do interior de Santa Catarina/adisc.com.br e para os portais reunidos em scportais.com.br)