News

  • 23°

    Florianópolis
  • 24°

    Blumenau

Mazelas

O deputado federal Hélio Costa (PRB-SC), que cansou de apontar as mazelas de Santa Catarina como comunicador, está tendo a chance de trabalhar para corrigir algumas delas, principalmente na área da Saúde. Ele tem visitado hospitais e unidades de Saúde. Nessa semana, o parlamentar esteve no Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon), na foto. Quis saber as necessidades do órgão e se comprometeu em buscar, junto ao Ministério da Saúde, recursos para a aquisição de um equipamento de endoscopia orçado em R$ 350 mil. Costa também visitou o Hospital Celso Ramos, que está com 71 leitos fechados, ou seja, 33% da capacidade. Ali o deputado recebeu o pedido por recursos para a instalação de uma UTI Tipo 1 (10 leitos), e, da mesma forma, assumiu o compromisso de levar a demanda ao ministério da área. “Estamos em Brasília pra isso, pra dialogar e atender às necessidades da população.” Apesar de ficarem em Florianópolis, as duas unidades recebem pessoas de todas as regiões. Enquanto o Cepon é referência em tratamento de câncer, o Celso Ramos é referência em ortopedia e traumatologia, incluindo aí os casos de alta complexidade.

Informação bônus

Na sexta-feira (31), o deputado Hélio Costa esteve no Hospital Nereu Ramos, que trata de pessoas com doenças infecciosas e sexualmente transmissíveis. O parlamentar prometeu buscar em Brasília um novo tomógrafo para unidade que precisa também de reformas estruturais. Na segunda-feira (03), Hélio dá sequência à série de visitas pelas unidades hospitalares de Santa Catarina. Será a vez do Hospital Municipal e Maternidade Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú.

 

(Foto legenda e notas complementares da edição conjunta de 01 e 02/06/2019 da Coluna Pelo Estado, distribuída para 20 diários integrados do interior de Santa Catarina (adisc.com.br) e para os portais reunidos em scportais.com.br. Você também pode ler a íntegra da coluna no site  centraldediarios.com.br/cnr)