News

  • 24°

    Lages
  • 23°

    Florianópolis

O feminicídio não é preocupação exclusiva das mulheres, mas também dos homens. Afinal, eles são filhos e, não raro, irmãos, sobrinhos, primos, tios e pais de mulheres. O tema foi abordado pelo deputado João Amin (PP) diante do “alarmante número de feminicídios em Santa Catarina”. Ele encaminhou Pedido de Informação ao Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial solicitando os dados desse tipo de crime em 2019 e quadro comparativo com 2018. Foram 32 casos registrados em Santa Catarina em 2019 até o envio das informações ao gabinete do parlamentar. Isso representa um aumento de 39,1% em relação ao mesmo período de 2018. Entre 1º de janeiro e 31 de julho de 2018, foram 23 casos. Na comparação de fevereiro de 2019 sobre fevereiro de 2018 houve um aumento de 400%, ampliando de um para cinco casos, enquanto que em abril 2018/2019 houve crescimento de dois para sete casos, o que representa aumento de 250%.

(Fotolegenda da edição de 06/09/2019 da Coluna Pelo Estado, distribuída para 20 diários integrados do interior de Santa Catarina/adisc.com.br e para os portais reunidos em scportais.com.br)