News

  • 23°

    Florianópolis
  • 23°

    Florianópolis

Apesar do clima bom na reunião de ontem à tarde do Fórum Parlamentar Catarinense, foi difícil estabelecer a ordem das prioridades na pauta da infraestrutura de Santa Catarina que será apresentada na amanhã, em um café da manhã com o presidente Jair Bolsonaro. Com cada parlamentar tentando puxar investimentos para suas demandas regionais, toda a lista foi definida na base dos votos, levando a reunião a durar pouco mais de uma hora e meia. Ganhou a maioria e a lista de prioridades ficou na seguinte ordem: BR-470, BR-282, BR-280, BR-163, BR-285, contorno viário de Florianópolis e, como item geral, atenção para os portos e aeroportos catarinenses, focando na aviação regional. Depois do café, deputados e senadores aproveitarão a oportunidade para apresentar pautas individuais ao presidente.

Somente três parlamentares não puderam participar do encontro. Fábio Schiochet (PSL-SC) e Carmem Zanotto (Cidadania-SC) estavam em Santa Catarina, e o senador Dário Berger (MDB-SC) estava na Comissão Mista que analisa a Medida Provisória da Liberdade Econômica. Mesmo o deputado Pedro Uczai (PT-SC), que não vai participar da audiência com Bolsonaro, participou da discussão de ontem à tarde e assinará o ofício que será entregue a ele. Vale registrar que a bancada federal catarinense é a primeira a ser recebida por Bolsonaro, iniciativa que já despertou o interesse de outras bancadas.

 

Agradou Ao final do encontro do Fórum Parlamentar Catarinense, todos os participantes aplaudiram o que foi considerado um momento suprapartidário e de plena democracia. O coordenador do Fórum, deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB-SC), explicou que a ideia inicial era fazer a reunião antes de a Previdência ser votada. “Mas conheço Bolsonaro muito bem, e sei que ele valoriza os gestos feitos. Não queremos usar a reforma como barganha, apenas pedir que o apoio de Santa Catarina, na eleição e na reforma, seja retribuído pelo governo.” Para o deputado Hélio Costa (PRB-SC), manter a união em prol do estado facilitou para a definição da pauta única. E explicou: “Vai facilitar o diálogo com o governo federal”.

 

(Matéria principal e nota relacionada da edição de 14/08/2019 da Coluna Pelo Estado, distribuída para 20 diários integrados do interior de Santa Catarina/adisc.com.br e para os portais reunidos em scportais.com.br)

  • 20.09.2019

    Porto estadualizado

    O Porto de Laguna, que já foi o mais importante de Santa Catarina e hoje, como terminal pesqueiro, responde por 9% da comercializa...

  • 19.09.2019

    Novas gerações

    Vice-presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Mauro De Nadal (MDB) recebeu grupos de estudantes nessa quarta-feira (18), os verea...

  • 18.09.2019

    Não adianta meia mudança

    A frase do título foi repetida exaustivamente pelo então candidato ao governo do Estado, comandante Moisés. E volta ...